domingo, 27 de fevereiro de 2011

Colorimetria parte 3

O CLAREAMENTO

 A água, o ar e o sol clareiam ligeiramente os cabelos e lhes conferem reflexos quentes. A água aumenta o volume dos cabelos. As moléculas de oxigênio neles penetram e são ativadas pelo calor do ambiente. Trata-se de uma oxidação suave dos pigmentos granulosos, gradativamente destruídos na periferia do córtex.

...E A DESCOLORAÇÃO

Pode-se provocar o clareamento do cabelo, indo do tom escuro ao mais claro, através de uma reação química que provoca uma oxidação mais intensa dos pigmentos. Os pigmentos granulosos desaparecem progressivamente. Em seguida, os pigmentos difusos são por sua vez, eliminados. Esse fenômeno explica o fato de que determinados cabelos se descoloram adquirindo ou uma cor vermelha ou uma cor amarelada. Aliás, todas as cores intermediárias são possíveis. Essas diferentes cores são fundos de clareamento. Se o cabelo clareia, ele também pode ser colorido por diferentes métodos... 

A COLORAÇÃO 

SEMI-PERMANENTE 

A COLORAÇÃO DIRETA  
 Os corantes utilizados são moléculas de dimensão reduzida, cuja estrutura possui uma boa afinidade com a fibra capilar. Essas moléculas penetram até a periferia do córtex e são eliminados gradativamente, pela lavagem. Distinguem-se dois tipos de coloração direta.

TOM SOBRE TOM Faz-se no mesmo tom ou em tom mais escuro. Ela camufla os cabelos brancos em nuances naturais, se não forem excessivamente numerosos, e se estiverem bem distribuídos. É feita com produtos prontos para o uso. Não contém nem amônia nem oxidante, e não clareia os cabelos. REFLEXOS Coloração no mesmo tom. Acrescentam reflexos à nuance natural dos cabelos. Aplicam-se a cabelos naturais, sem cabelos brancos. Fazem-se com produtos prontos para o uso. Não contém nem amônia nem oxidante e não clareiam os cabelos.
 
A COLORAÇÃO PERMANENTE 

A COLORAÇÃO DE OXIDAÇÃO QUE CLAREIA Da colorido clareando, mas também no mesmo tom e em tom mais escuro. Recobre os cabelos brancos. Age clareando e colorindo simultaneamente o cabelo. Necessita que três elementos entrem em atividade: amônia, um oxidante e precursores de cor. A amônia tem duas funções importantes: - aumentar o volume da fibra capilar , ou seja, abrir as escamas do cabelo, para possibilitar a penetração dos precursores. - liberar o oxigênio contido no oxidante. O oxidante também desempenha duas funções: - agir sobre os pigmentos do cabelo para clareá-los, oxidando-os. - oxidar os precursores para revelar os corantes. Os precursores classificam-se em duas categorias: - as bases de oxidação (como o paradiaminoben-zeno), que são responsáveis pela intensidade da cor e pelo recobrimento dos cabelos brancos. - os acopladores (como a resorcina), que possibilitam que se variem os reflexos (dourados, acobreados, acinzentados, etc.) 


Esses dois grupos interagem para criar a cor. A cor obtida é, portanto, o resultado da superposição do clareamento provocado e da cor aplicada.

A COLORAÇÃO DE OXIDAÇÃO TOM-SOBRE-TOM  

Essa coloração contém corantes que funcionam como os da coloração de oxidação de clareamento. Entretanto, ela não contém amônia e o agente alcalino utilizado tem uma potência muito fraca, o que explica o fato de ela não clarear. Ela dá colorido no mesmo tom, ou em tom mais escuro. Convém a todos os tipos de cabelo, e recobre os cabelos brancos em até 50%. Coloração suave de grande durabilidade, ela se mistura com seu revelador específico (oxidante extra-suave).


Nenhum comentário:

Postar um comentário